Dois dias em Sarajevo e a Guerra da Bósnia

0
by on Maio 17, 2013 at 10:40 pm

Recuperados por Split dos 4 meses que já fizemos de viagem até agora resumidos em: 44 trajetos de ônibus e trem + 3 viagens em ferry + 9 vôos + 42 cidades e 62 camas dormidas…, seguimos de ônibus para a Bosnia, mais precisamente Sarajevo antes de continuar para o sul da Croácia pois era mais “caminho” fazer deste jeito! O que não sabíamos era que o ônibus ía margeando toda a costa para pegar a estrada que leva à Sarajevo…, melhor coisa que podia ter acontecido pois só assim tivemos a oportunidade de conhecer a costa ESPETACULAR da Croácia como descrevi no post anterior!!! Foi a viagem de ônibus mais bonita que já fiz!!!

Os buracos de bala e bomba – em todos os prédios!

Antes mesmo de Sarajevo…, o choque! Já começamos a ver vários prédios pelo caminho com a fachada toda furada de bala e destruída! Parecíamos estar entrando em um cenário de um filme de guerra só que a história foi muito real e RECENTE! E mais ou menos assim:

Enquanto comemorávamos bem felizes a vitória do Brasil na Copa de 94, outro genocídeo acontecia com muitos que teriam hoje a minha idade: a guerra da Bósnia! O motivo vem de anos e anos de uma confusão territorial danada entre os países da antiga Yugoslávia, principalmente Croácia, Sérvia e Bósnia! Eram independentes até o pós guerra quando se uniram forçadamente para formar um novo e gigantesco país (a Yugoslávia).

 

Após a queda do comunismo em 89 e morte do governante que cortava qualquer movimento de independência pela raiz…, vários países começaram a se libertar! Milosevic…, líder da Sérvia e que possuía o exército mais armado e organizado tinha outros ideais e queria os territórios unidos sob o seu poder em uma “Grande Sérvia”! A gota d’água foi a declaração de independência da vizinha Bósnia que fez com que os servos partissem para o ataque! Praticamente destruíram cidades-fronteira e cercaram Sarajevo, capital, dominando as montanhas ao seu redor! Como Sarajevo fica em um “vale” circular, apesar de terem maior número de pessoas que o exército da Sérvia, sua posição era muito desfavorável e não tinham como acabar com os atiradores de elite que ficavam dos montes e montanhas só “brincando” de tiro ao alvo! Espertos, (chamados de “Snipers”) bombardearam locais estratégicos como: hospitais, supermercados, empresas que forneciam luz, gás, água e tudo mais necessário para a sobrevivência dos bósnios na esperança que estes se rendessem…, o que não aconteceu! E o resultado foi a destruição em massa da cidade e seus habitantes por mais de 3 anos!!!

O cerco (ou “siege”) dos sérvios a Sarajevo

 

Montes de onde atiradores de elite sérvios acabaram com Sarajevo

 

 

 

 

 

 

 

 

Um moderno campo de concentração onde fome, frio e medo faziam parte do dia-a-dia! As pessoas viviam em abrigos subterrâneos e não podiam sair na rua pois poderiam nunca voltar dela! Escolas eram de baixo da terra e pelo ar chegava ajuda americana com enlatados (comida de cachorro segundo os moradores)! Às vezes davam a sorte de acharem um chocolate… Era a alegria da semana! O povo foi morrendo ora pela mira dos “snipers” ora de fome ou doenças sem remédios para curá-las! E para os que agora estão se perguntando aonde estava a ONU (UN) nessa hora…, eles estavam lá! Mas politicamente nada faziam para impedir o genocídeo com medo de uma guerra ainda maior já que a Rússia apoiava a Sérvia e EUA a Bósnia! Era chamada pelos moradores de “UN: United for Nothing”!!!

“Sob esta pedra está um monumento às vitmas da guerra e da guerra fria”

O governo decidiu construir um túnel subterrâneo por baixo do aeroporto até a cidade livre mais próxima e por ele começaram a ter de volta suprimentos básicos! Muito sinistro e estivemos lá em uma visita guiada! Mas o governo era esperto e não deixava ninguém migrar da cidade pois assim estaria declarando sua derrota! O cerco de Sarajevo mais conhecido como “Siege” durou mais de 3 anos e até hoje a cidade não se recuperou! Ganharam sua independência…, é verdade…, após assinarem um acordo de paz nos EUA e na presença de Clinton…, mas será que foi a melhor saída?

O túnel…, a salvação!

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje em dia são bem pobres, o índice de desemprego é enorme…, quase nenhum jovem tem nível superior, parece que ninguém trabalha ou estuda pois as ruas e cafés são cheias todas as horas do dia! E mais…, 70% dos moradores são fumantes já que uma das poucas fábricas que não foi destruída no Siege foi a de cigarro! Fumavam para esquecer a fome… Nos bares e cafés, mesmo os ao “ar livre” ficamos intoxicados com tanta fumaça de cigarro!

10h da manhã de uma terça feira – cafés cheios de jovens!

E fugindo um pouco do “Siege” mas não da desgraça, estivemos na ponte onde foi assassinado Franz Ferdinand…, o arquiduque austríaco e motivo para que explodisse a primeira guerra mundial quando o império Áustro-Húngaro invadiu Sarajevo com apoio da Alemanha…, ambos derrotados anos mais tarde pelos temerosos França, Inglaterra e EUA! Mas aí já é uma outra história…

Local do assassinato que deflagrou a 1ª Guerra

 

 

 

 

 

 

 

 

Sem dinheiro para se reerguer, os prédios até hoje são esburacados, muitas pessoas mancam pelas ruas e muitos cachorros órfãos perambulam pela cidade! Tem lápides por todas as esquinas e todas com o mesmo ano de óbito! Muito triste mesmo!!! E uma pena pois a cidade tinha tudo para ser bonita!

E mais uma vez nós (o mundo “lá” fora)…, nada fizemos! Ah sim…, tomamos uma cerveja para comemorar o gol do Bebeto!

Cemitérios espalhados pelas ruas da cidade

Muitos mancam pelas ruas…, sequela do passado negro…

 

 

 

 

 

 

 

Água era artigo de luxo e sair para buscá-la…, risco de vida! Em 1995..

 

in Bosnia-Hzg, Europa

Tradução


Continentes

  • América Central-Caribe (1)
  • SlideShow (5)

Contato

Entre em contato conosco !

Respeitamos sua privacidade.